Jacqueline Yumi Asano


Qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis?

Tenho experiência trabalhando como Product Manager e sempre tento levar o mindset ágil em minhas atitudes. Como Product Manager na Resultados Digitais tive a oportunidade de aprender um pouco sobre Kanban e Scrum. Lá me apoiava bastante no Líder Técnico e foi onde aprendi um pouco mais sobre como cadência é importante para o time de desenvolvimento.

Como Product Manager no Nubank consegui implementar diversas melhorias no meu time: no começo, o time não tinha um board de desenvolvimento, não fazia dailys e achava retrospectiva uma perda de tempo. O pensamento era "mais uma reunião...". O desenvolvimento era caótico: tarefas que levavam mais de meses para ser finalizada, as mesmas pessoas atuando em mais de 2 tarefas ao mesmo tempo e o sentimento de não entregar nada de valor para o cliente era frequente toda semana.

Comecei a experimentar algumas mudanças com o time:

Em alguns times que participei tínhamos alguns gargalos na execução: desde pessoas engenheiras pegando tarefas repetidas, quanto não saber a próxima coisa a puxar. Aos poucos fomos testando e experimentando o uso do board, dailys orientadas ao board, retrospectivas (time era contra até ver que de fato conseguíamos fazer melhoria incremental).

Houve momentos que entramos mais a fundo em métricas para entender os gargalos na execução como diagrama de CFD e Throughput. Mas hoje não monitoramos mais. Sinto que as coisas ganharam cadência e acredito que contribuí bastante para isso sempre sugerindo testarmos (palavra bem boa para vencer a resistência do time).

Hoje realizo facilitações não só dentro do time, mas para outros times do Nubank e também fui facilitadora na Tera.

O que você planeja aprender ou explorar nesse Camp?

Eu gostaria de aprender mais sobre o mundo ágil e trocar experiências sobre facilitações (sejam elas focadas em construir propósito do time, alinhar visão, revisar roadmap) pois aprendo muito pelo exemplo. Uma dificuldade que queria sanar é me sentir mais à vontade com facilitações.

Qual é o maior desafio para a comunidade ágil nos próximos 5 anos e por que?

Acredito que um grande desafio é o preconceito que existe em relação a palavra ágil em alguns ambientes. Não é para os próximos 5 anos, mas é um desafio que pode continuar existindo. Outro grande desafio é como tornar o ágil para todas as pessoas. Hoje na minha empresa, acredito que a disseminação de ágil fica mais no papel do PM e de alguns Tech Managers... mas acredito que o ágil é para todas as pessoas, independente do cargo.

Voltar