Mari Zaparolli


Qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis?

Atuo com agilidade a 5 anos, os dois primeiros tentando encontrar caminhos em uma instituição financeira tradicional até conseguir testar alguns modelos adaptados em busca de agilidade e os demais deles liderando uma equipe que atua com agilidade organizacional em uma empresa que triplicou de tamanho nesse período. A agilidade no PagSeguro passou a fazer parte da cultura da empresa e está disseminada em toda a organização (guardadas as devidas variações de maturidade). Os valores da agilidade estão alinhados com os valores do PagSeguro; conhecimento ou vontade de conhecer práticas ágeis passou a ser fator relevante no processo de contratação de profissionais e existe uma atenção muito grande sobre comportamentos e formas e trabalho dentro da organização. Como a empresa segue em crescimento, é um desafio constante fortalecer esta cultura organizacional estabelecida ao longo da jornada.

O que você planeja aprender ou explorar nesse Camp?

Agilidade no RH, como ajudar no desenho organizacional (áreas, estruturas) para que a agilidade possa continuar sendo aprimorada com o crescimento e como trabalhar frentes de compliance em um ambiente de inovação.

Qual é o maior desafio para a comunidade ágil nos próximos 5 anos e por que?

Lidar com nomenclaturas de cargos/papeis muito variados, associados a profissionais também com experiências muito variadas e não deixar as questões comerciais de marcas e consultorias se sobreporem a filosofia da agilidade.

Voltar