Vladson Freire


Qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis?

Iniciei minha colaboração em times ágeis em 2013 quando atuava em uma fábrica de software em Salvador. Por ser desenvolvedor na época, tentei levar práticas de XP para a área em que atuava, pois sofríamos com muitos problemas de engenharia de software causados pela baixa senioridade das equipes e baixo nível de automação de testes, sejam funcionais ou unitários. Essa experiência prática de escrever testes automatizados somado ao contato com o Lean me transformou em uma pessoa que já não conseguia mais viver em um ambiente que focava somente nos processos CMMI e não na melhoria contínua de verdade..

Decidi abrir uma empresa de desenvolvimento de software onde eu pude errar para caramba ao tentar usar o ágil puro sangue by the book. Meus ex-sócios são excelentes desenvolvedores, pude praticar bastante testes unitários, tdd e aprender sobre arquitetura que até hoje me salvam em conversas com devs. Com o crescimento da empresa, veio também a necessidade de vender agilidade para clientes de portes bem diferentes. Tive que desenvolver uma técnica de venda consultiva que começava no tratamento das deficiência de conhecimento sobre agilidade até o momento da proposta. Usei bastante o Lean Inception não só para ajudar o cliente a encontrar o seu MVP, mas também para fazê-lo viver na prática a montanha russa que é o desenvolvimento de software e como é difícil ter certeza do que se quer no começo da jornada.

Atuei como Agile Coach de times em alguns lugares, onde tive oportunidade de ensinar o ágil para as pessoas e ajudá-las na transição de grupo de trabalho para time e um pouco de coach com pessoas. Atualmente estou atuando com foco em levar agilidade para toda a organização através de redesenho da governança e processos, adoção de agilidade no RH e em áreas administrativas, desenho de conceitos de nova organização e modelos de gestão.

O que você planeja aprender ou explorar nesse Camp?

Como levar agilidade para toda a empresa através de novas formas de trabalho com mindset mais colaborativo e mais autonomia, uso de frameworks em contextos de escala, Kanban de portfólio.

Qual é o maior desafio para a comunidade ágil nos próximos 5 anos e por que?

Dado que estamos vivendo a "era do agile", as empresas estão buscando insanamente ser mais ágil. Nesse contexto, estamos vendo uma enxurrada de gente entrando nesse cenário, normalmente pessoas de gestão e aos poucos estamos esquecendo das questões de desenvolvimento de software. É preciso fortalecer a visão de eficiência e eficácia.

Voltar