Francisco Fujimoto


O que você planeja aprender ou explorar no Agile Coach Camp e quais os temas que você quer ver discutidos?

Em 2004, trabalhando na Canon Fintech no Japão tive meu primeiro contato com o Kanban Fabril, onde me tornei líder de linha de produção, exercendo esta função por 1 ano e 6 meses. Comecei a estudar, participar de treinamentos e colocar em prática fundamentos do pensamento sistêmico, gestão de produção por demanda e gestão das pessoas da equipe. Porém o foco neste ambiente era "eficiência". Retornando ao Brasil, em meados de 2009, entrei na indústria de software e me deparei com processos engessados, atrasos, muita cobrança e nenhum resultado. Comecei a me questionar se não teria uma outra forma de gestão para esses projetos. E assim encontrei o Scrum. Atualmente, participando na transformação ágil da TQI aplicando fundamentos do Management 3.0 e no papel de coordenador de Tecnologia. Onde diariamente somos desafiados a nos reinventar, para atender o time-to-market , continuar a crescer exponencialmente e além de tudo proporcionar um ambiente de trabalho ligado no mindset ágil. Onde em nosso cotidiano temos como desafio:

Como você acredita que pode contribuir nessa edição do Agile Coach Camp?

Foco principal em buscar e compartilhar a experiência com demais participantes, sobre a atuação nos times (O que tem dado certo, o que tentamos e não funcionou) Explorar ações tomadas para escalar a agilidade dentro da organização sem perder sua essência. Ferramentas de alinhamentos de objetivos tanto organizacionais como táticos utilizadas que estão funcionando bem.

Conte-nos qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis

Além de trazer experiências do dia a dia, posso contribuir com qualquer atividade necessária para o sucesso do evento.

Voltar