Mudança de data

Devido ao agravamento da pandemia de Covid 19 tivemos de alterar a data do evento de Março para Abril, caso queira saber mais clique aqui.





Cristiano Oliveira


O que você planeja aprender ou explorar no Agile Coach Camp e quais os temas que você quer ver discutidos?

Nos últimos anos experimentamos algo totalmente novo, não somente no ambiente corporativo mas também em nossas vidas e gostaria de ver um pouco destas experiências sendo compartilhadas. Gostaria de ver discussões também sobre o futuro do trabalho, percepções sobre o quanto os líderes estavam preparados para o momento que vivemos. Será que nosso futuro é remoto realmente? O que perdemos com o remoto de fato? O mercado está moldando culturas orientadas somente a resultado devido a restrições do remoto e deixando agilidade de lado?

Seria interessante também explorar como as organizações estão evoluindo com os temas de agilidade, visto que nos últimos meses vimos movimentos interessantes de demissão em massa de agilista, temos um novo cenário pela frente? Acredito que muitos movimentos no mercado estão fomentando o descrédito no ponto de vista dos decisores sobre o tema agilidade e seus papéis, ganhando uma conotação de "agilidade vendida" e criando movimentos tais como estes. Além disso, trocar muitas experiências com os integrantes do ACC.

Como você acredita que pode contribuir nessa edição do Agile Coach Camp?

Acredito que posso contribuir com minha experiência na qual pude vivenciar ambientes tradicionais, transformações digitais e ágeis, expansão de uma empresa de tecnologia, além de diversos contextos de clientes de diversos segmentos, onde tenho contato desde ambientes que buscam “instalar a agilidade” até ambientes onde de fato temos ganho com o mindset ágil até em cadeiras de C-level. E com discussões relacionadas aos modelos de trabalho do futuro.

Conte-nos qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis

Atuei como Scrum Master desde 2010 e em 2017 assumi a operação de uma empresa de tecnologia. Neste ano pude conduzir a transformação ágil desta empresa e não somente isso, mas a renovação do portfólio de serviços. Atuo como agente de mudança na organização atualmente em busca de novos modelos de trabalho para que possamos ter um crescimento acelerado mas sem perder a cultura. Hoje com um time de mais de 500 pessoas e atuação na engenharia de diversos clientes em vários segmentos, vivencio diversos momentos da agilidade nestes vários segmentos e a evolução destas organizações.

E além disso estou sempre presente nas comunidades de Uberlândia e região disseminando agilidade no ecossistema.

Voltar