Mudança de data

Devido ao agravamento da pandemia de Covid 19 tivemos de alterar a data do evento de Março para Abril, caso queira saber mais clique aqui.





Ronaldo Amaral


O que você planeja aprender ou explorar no Agile Coach Camp e quais os temas que você quer ver discutidos?

Temas que atualmente tenho estudado e buscado desenvolver são:

Pensamento Sistêmico: Muito é falado sobre o pensamento sistêmico e como essa abordagem é útil para entender de forma mais profunda problemas e as relações entre os elementos de um sistema que podemos encontrar na organizações, entretanto não tenho visto exemplos claros de experimentos de análise e resolução utilizando-se dos recursos provenientes do pensamento sistêmico. Diante disso, gostaria de entender como as pessoas estão utilizando as ferramentas do pensamento sistêmico na prática dentro das organizações para a identificação de problemas.

Auto-organização: Na aplicação de métodos ágeis fala-se sobre auto-organização dos times para definirem como devem realizar o seu trabalho da melhor maneira possível. Após mais de 20 anos do manifesto ágil podemos transcender a nossa visão numa questão organizacional, ou seja, estrutural para como os times podem se auto-organizar para atingir objetivos estratégicos. Portanto, de que forma as organizações podem transcender a autonomia e equilibrar o poder para que as pessoas possam se organizar na formação dos times num design organizacional em prol dos objetivos estratégicos.

Como você acredita que pode contribuir nessa edição do Agile Coach Camp?

Dentro dos vários contextos aplicados em consultoria poderei ajudar em discussões, sendo as principais atividades a criação do capítulo de agilidade e formação do serviço de agilidade na organização, participei ativamente na adoção de métodos ágeis numa empresa de ERP, a realização de trabalhos em contextos fora de TI e durante a minha dissertação tive a oportunidade de entender o impacto na cultura organizacional na adoção de métodos ágeis nos tópicos de liderança, inovação e gestão de mudança (Tema que tenho continuado a estudar e aplicar nas minhas atividades).

Conte-nos qual é a sua experiência colaborando para que equipes e organizações sejam ágeis

Atuando em desenvolvimento de software há quase 20 anos e sempre inquieto com a forma pela qual realizavamos o nosso trabalho, comecei a estudar práticas ágeis em 2013 e pude aos poucos influenciar a empresa de ERP em que trabalhava para organizar o trabalho através de um fluxo de valor desde o entendimento da necessidade do cliente até a entrega, seja em ambiente de sustentação ou inovação.

Como consultor pude entender vários contextos diferentes e praticar especialmente a aplicação de ferramentas ágeis, Lean e Customer Success na área de atendimento ao usuário em empresas fora de TI.

Desde 2016, tenho realizado trabalho voluntário em diversas comunidades pelo Brasil, na conferência Agile Brazil ajudei em vários comitês, tais como, programa, financeiro e diversidade. E, por último, nas comunidades Agile Minas e Lean Coffee BH.

Formação em Sistemas de Informação com especialização em Gestão de Projetos e mestrado em Administração com a dissertação intitulada "A influência da transformação ágil na cultura organizacional".

Voltar